Dicas
Aprender idioma no exterior

10 Curiosidades fascinantes sobre Malta que vão te surpreender

escrito por
Natasha D`Angelo
1/4/2024
Leia em
5 min
Compartilhe essa dica

Se você está pensando em estudar e trabalhar em Malta, prepare-se para se apaixonar ainda mais por esse paraíso no Mediterrâneo. A Be easy separou 10 curiosidades fascinantes sobre Malta que vão te surpreender e despertar sua vontade de explorar cada cantinho desse arquipélago mágico.

1. Valletta: a capital cultural que respira arte e história

Valletta, a capital de Malta, é uma cidade que transpira cultura por todos os lados. Não à toa, ela foi nomeada Capital Europeia da Cultura em 2018, um título que ressalta ainda mais sua importância no cenário artístico e histórico do continente. Desde então, Valletta se tornou palco de uma série de eventos culturais, que vão desde seminários interativos até grandiosos musicais de ópera. 

Passear pelas ruas de Valletta é como mergulhar em um verdadeiro museu a céu aberto. Seus edifícios barrocos, igrejas centenárias e fortificações imponentes contam a história de uma cidade que já foi sede dos Cavaleiros de Malta e resistiu bravamente aos ataques durante a Segunda Guerra Mundial. Não deixe de visitar a St. John's Co-Cathedral, uma obra-prima da arquitetura barroca, e o Palácio do Grão-Mestre, antiga residência dos líderes da Ordem de Malta.

2. Um arquipélago de belezas naturais que vai te encantar

Muitas pessoas pensam que Malta é apenas uma ilha, mas a verdade é que o país é formado por um arquipélago composto por três ilhas principais: Malta, Gozo e Comino. Cada uma delas possui características únicas e paisagens naturais de tirar o fôlego, que vão desde praias de areias douradas e águas cristalinas até falésias imponentes e grutas misteriosas.

Malta, a maior das ilhas, é onde se concentram as principais cidades e atrações turísticas, como a capital Valletta e a animada região de St. Julian's. Já Gozo é conhecida por seu ritmo de vida mais tranquilo e suas belezas naturais, como a famosa Janela Azul (Azure Window), uma formação rochosa que infelizmente desabou em 2017, mas que continua sendo um dos cartões-postais do país. Comino, por sua vez, é a menor das ilhas e abriga a deslumbrante Lagoa Azul (Blue Lagoon), um verdadeiro paraíso para os amantes do mergulho e do snorkeling.

3. Um tesouro histórico reconhecido mundialmente

Malta é um país que respira história por todos os lados, e isso se reflete em seu patrimônio cultural reconhecido internacionalmente. O arquipélago abriga nada menos que três sítios declarados Patrimônio Mundial da UNESCO: a cidade de Valletta, os templos megalíticos de 5.000 a.C. e o Hipogeu de Hal Saflieni, um complexo de templos subterrâneos.

Os templos megalíticos de Malta estão entre as construções mais antigas do mundo, algumas datando de 3.600 a.C., antes mesmo das pirâmides do Egito. Esses monumentos misteriosos foram erguidos com blocos de pedra gigantescos e abrigavam rituais e cerimônias das civilizações pré-históricas que habitavam a ilha. Já o Hipogeu de Hal Saflieni é um labirinto de câmaras e passagens subterrâneas escavadas na rocha, que servia como templo e necrópole para os antigos malteses.

Essas atrações históricas são verdadeiras viagens no tempo, que permitem aos visitantes conhecer de perto a incrível jornada da humanidade ao longo dos séculos. E o melhor de tudo é que, ao estudar e trabalhar em Malta, você terá a oportunidade de explorar esses tesouros em detalhes e se aprofundar na fascinante história do país.

4. Sabores únicos que vão conquistar seu paladar

A culinária maltesa é uma deliciosa fusão de influências mediterrâneas, com destaque para a presença marcante da gastronomia italiana. Isso resulta em pratos autênticos e saborosos, que vão desde as famosas pastas e pizzas até especialidades locais que você não encontra em nenhum outro lugar do mundo.

O prato mais icônico de Malta é, sem dúvida, o pastizzi, uma massa folheada recheada com ricota, queijo ou ervilhas, que é servida em praticamente todas as padarias e cafés do país. Esse salgado é perfeito para um lanche rápido entre as aulas ou para um pequeno-almoço reforçado antes de explorar as atrações locais.

Outra iguaria que você precisa experimentar é o ftira, um pão achatado recheado com ingredientes frescos, como tomate, atum, azeitonas e cebola. Essa espécie de sanduíche aberto é uma opção saudável e saborosa para um almoço leve à beira-mar.

Para acompanhar suas refeições, não deixe de provar o Kinnie, um refrigerante de cor alaranjada feito com extrato de laranja amarga e ervas aromáticas. Essa bebida é um verdadeiro símbolo nacional e está presente em praticamente todos os bares e restaurantes do país.

5. Um pedacinho da Inglaterra no coração do Mediterrâneo

Ao caminhar pelas ruas de Malta, você pode ter a sensação de estar em um pedacinho da Inglaterra no meio do Mediterrâneo. Isso porque o país foi uma importante base naval britânica durante a Segunda Guerra Mundial e manteve fortes laços com o Reino Unido mesmo após sua independência, em 1964.

Esses laços históricos se refletem em diversos aspectos da vida cotidiana em Malta. Nas ruas, é possível encontrar as tradicionais cabines telefônicas vermelhas e as icônicas caixas de correio da mesma cor, idênticas às que se veem em Londres. Além disso, até 1979, Malta tinha como chefe de estado a rainha da Inglaterra, Elizabeth II.

Outra curiosidade é que, assim como no Reino Unido, os malteses dirigem do lado direito e utilizam tomadas de três pinos. O inglês também é uma das línguas oficiais do país, ao lado do maltês, o que facilita muito a comunicação para estudantes e turistas.

6. Tradições e superstições que fazem parte da alma maltesa

Os malteses são um povo muito apegado às suas tradições e, por vezes, bastante supersticioso. Essas características se refletem em diversos aspectos da cultura local, desde a arquitetura até os costumes do dia a dia.

Uma das superstições mais curiosas de Malta está relacionada aos relógios das igrejas. Acredite se quiser: é comum encontrar dois relógios acima da entrada principal dos templos, sendo que um deles mostra a hora correta e o outro, uma hora errada. Segundo a crença popular, isso serviria para "confundir o demônio" e impedir que ele entre na igreja.

Outra tradição interessante está ligada aos famosos barcos coloridos que enfeitam os portos de Malta, conhecidos como luzzu. Esses barquinhos de pescadores trazem olhos pintados na proa, uma superstição que remonta aos fenícios e que teria o poder de "manter os demônios longe dos pescadores" durante suas jornadas no mar.

Essas crenças e tradições estão profundamente enraizadas na alma do povo maltês e são parte indissociável da identidade cultural do país. Conhecê-las de perto é uma oportunidade única de se conectar com a essência de Malta e entender um pouco melhor a mentalidade e o estilo de vida dos habitantes locais.

7. Cenários de lendas e mitos que ganham vida

Malta é uma terra repleta de lendas e mitos, que parecem ganhar vida em cada canto do arquipélago. Um dos mais famosos está relacionado à ilha de Gozo, que segundo a clássica obra "Odisseia", de Homero, seria a morada da ninfa Calypso.

Na história, Calypso teria aprisionado em sua ilha o herói Ulisses, um dos protagonistas da Guerra de Troia, por longos sete anos. Embora seja difícil comprovar a veracidade do relato, os turistas podem visitar a famosa Caverna de Calypso, localizada no alto de um penhasco com vista para a praia de Ramla Bay, e se sentir parte dessa narrativa épica.

Outra lenda fascinante é a que envolve os Cavaleiros de Malta, uma ordem religiosa e militar que governou o arquipélago por mais de 250 anos, entre os séculos XVI e XVIII. Diz-se que os cavaleiros teriam escondido um tesouro inestimável em algum lugar de Valletta, a capital do país, e que esse tesouro permanece oculto até hoje.

Essas histórias misteriosas e envolventes são parte integral do imaginário maltês e conferem um ar de magia e aventura a cada passeio pelo país. Deixe-se levar por essas narrativas fascinantes e descubra um mundo de lendas e mitos ao alcance das suas mãos.

8. Um paraíso subaquático para mergulhadores

Se você é um amante do mergulho, Malta é o destino perfeito para você. O arquipélago possui alguns dos melhores pontos de mergulho do Mediterrâneo, com águas cristalinas, rica vida marinha e uma série de naufrágios históricos para explorar.

Um dos spots mais famosos é o Blue Hole, na ilha de Gozo. Esse impressionante buraco azul tem cerca de 10 metros de profundidade e é cercado por formações rochosas e cavernas submarinas, que abrigam uma grande variedade de peixes e corais.

Outro ponto imperdível é o Marsamxett Harbour, em Valletta, onde é possível mergulhar em meio a naufrágios da Segunda Guerra Mundial, como o HMS Maori, um contratorpedeiro britânico afundado em 1942. Essas relíquias subaquáticas são um verdadeiro tesouro para os amantes da história e da aventura.

Além desses locais icônicos, Malta conta com dezenas de outros pontos de mergulho, que atendem a todos os níveis de habilidade, desde iniciantes até profissionais experientes. Com uma combinação perfeita de belezas naturais e tesouros históricos, o país é um verdadeiro paraíso para quem deseja explorar as maravilhas do fundo do mar.

9. O menor país da União Europeia, mas gigante em atrativos

Pode parecer difícil de acreditar, mas Malta é o menor país da União Europeia, com uma área total de apenas 316 km². Para se ter uma ideia, quase cinco Maltas caberiam dentro da cidade de Londres! No entanto, não se deixe enganar pelo tamanho diminuto do arquipélago.

Malta compensa em atrativos o que lhe falta em extensão territorial. O país concentra, em uma área pequena, uma impressionante variedade de belezas naturais, tesouros históricos, vida cultural vibrante e opções de lazer para todos os gostos.

Desde as praias deslumbrantes de areias douradas e águas azul-turquesa até as charmosas cidades medievais, repletas de história e arquitetura impressionante, Malta oferece uma experiência completa e inesquecível para seus visitantes.

Além disso, o tamanho compacto do país é uma grande vantagem para quem deseja explorar suas atrações sem perder muito tempo com deslocamentos. Em Malta, é possível conhecer os principais pontos turísticos em poucos dias, sem precisar enfrentar longas distâncias ou gastos excessivos com transporte.

10. A ilha quase deserta de Comino e suas belezas naturais

Comino é a menor das três ilhas principais que compõem o arquipélago de Malta, com uma área de apenas 3,5 km². Apesar de seu tamanho diminuto, a ilha é um verdadeiro tesouro natural, que abriga algumas das paisagens mais deslumbrantes do país.

A principal atração de Comino é, sem dúvida, a famosa Lagoa Azul (Blue Lagoon), uma enseada de águas cristalinas e areias brancas, cercada por formações rochosas impressionantes. Esse paraíso natural é um dos pontos mais fotografados de Malta e atrai milhares de visitantes todos os anos.

No entanto, o que muitos não sabem é que Comino é uma ilha quase deserta, com apenas quatro residentes permanentes. Isso significa que, fora da alta temporada, é possível desfrutar de suas belezas com muito mais tranquilidade e privacidade.

Os turistas são bem-vindos para visitar Comino em excursões de um dia (day trips), que partem regularmente de Malta e Gozo. Mas se você quiser prolongar sua estadia nesse paraíso intocado, é possível pernoitar em um dos dois únicos hotéis da ilha. Apenas lembre-se de fazer sua reserva com antecedência, pois a procura costuma ser alta.

Be easy 

Agora que você já conhece algumas das curiosidades mais fascinantes sobre Malta, que tal transformar esse destino incrível na realidade do seu intercâmbio? Estudar e trabalhar em Malta é uma oportunidade única de combinar o aprendizado de uma nova língua e cultura com experiências incríveis, que vão muito além da sala de aula.

Não perca mais tempo! Entre em contato com a Be Easy hoje mesmo e comece a planejar a aventura dos seus sonhos em Malta. Agende uma conversa com um de nossos especialistas. O Mediterrâneo te espera, e a Be Easy está ansiosa para fazer parte dessa jornada incrível com você!

Compartilhe essa dica
Natasha D`Angelo
Founder e CEO, Be Easy
Bem-vindo à Be Easy!

Pronto para desbloquear seu potencial global? Trabalhamos para tornar essa experiência simples, completa e acessível para você. Vamos conversar!

Fale conosco